ARCON participa de Seminário sobre Manejo de Resíduos Sólidos

Enviado por ascom em qua, 09/11/2022 - 14:03

A Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon-Pa) participou nesta quarta-feira (9), o Auditório Albano Franco da Federação das Indústria do Estado do Pará (FIEPA), do Seminário Sustentabilidade EconômicoFinanceiro da Prestação dos Serviços de Manejo de Resíduos Sólidos Urbanos , promovido pela Agência Reguladora Municipal de Belém (ARBEL), em parceria com a ARCON-Pa e Associação Brasileira de Agências de Regulação- (ABAR). Na pauta, a preocupação com as discussões relacionadas a educação ambiental ,e a destinação do lixo produzido pela sociedade.

O Seminário tem como principal objetivo, a troca de experiências entre agências reguladoras de outros estados, e municípios do Estado do Pará. O evento contou com a presença do diretor-geral da ARCON-Pa, Eurípedes Reis, da diretora da ARBEL, Eliana Uchoa, e do presidente da ABAR, Vinícius Fuzeira de Sá e Benevides, dentre outros representantes de empresas reguladoras dos municípios do Estado e cooperativas.

O Gerente do Grupo Técnico de Saneamento da ARCON-Pa, Álvaro Amazonas ministrou a palestra abordando sobre a “Gestão Regulatória Regionalizada Desempenhadas pelas Entidades Reguladoras no Setor dos Resíduos Sólidos Urbanos”, enfatizando sobre o papel da agência nesses serviços, bem como os estudos técnicos que estão sendo realizados para atuação dentro do Estado do Pará.

O presidente da ABAR, Vinícius Fuzeira de Sá e Benevides apresentou números preocupantes sobre a questão ambiental que enfatizam a necessidade de ampliação do número de municípios regulados no Brasil para tratar sobre a destinação dos resíduos sólidos. “Cerca de 94% dos municípios brasileiros ainda não possuem a regulação dos serviços de resíduos sólidos, com isso se destaca a importância das agências estarem discutindo soluções e idéias neste seminário”, comenta Vinícius Benevides.

Ao final do Seminário, as propostas apresentadas irão compor uma Carta que será elaborada pelos participantes, para apresentação das diretrizes apontadas aos governos estaduais e ao presidente da Républica . A Carta será apresentada oficialmente, em reunião nacional. realizada pela ABAR, no próximo dia 23 de novembro, em Brasília, com a presença da direção Arcon-Pa e ARBEL.