dreamfilm

 

Arcon-PA vai atuar em parcerias com órgãos de segurança pública na Operação Carnaval 2018

O diretor geral em exercício da Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos (ARCON-PA), Karim Zaidan, participou da reunião para alinhar as diretrizes de gestão operacional durante o período da “Operação Carnaval 2018". O trabalho dos órgãos que cuidam da segurança nas rodovias e transporte de passageiros inicia nessa sexta-feira (09) e vai até às 12:00 horas do dia 14 de fevereiro.

Na primeira parte do evento foi apresentado o “Briefing Operacional” contendo os nomes e as responsabilidades de cada órgão participante da operação. Durantes esses dias as fiscalizações nas rodovias serão intensificadas, com a finalidade de reduzir acidentes, mortes e garantir a segurança de quem vai deixar a cidade rumo ao interior do Estado.

O trabalho da Arcon nas estradas e rodoviárias será voltado para a fiscalização de veículos que fazem o transporte de passageiros. A Agência também vai atuar na fiscalização do modal hidroviário, para tentar coibir embarcações irregulares de fazerem o transporte de passageiros pelos rios do Pará. Ao todo mais de 70 agentes da Arcon vão estar em pontos estratégicos nas estradas e no terminal hidroviário e em portos paraenses.

O trabalho da Arcon será em parceria com os órgãos de segurança pública, entre eles Policia Rodoviária Federal, Secretaria de Segurança Pública do Estado, Policia Rodoviária Estadual, Corpo de Bombeiros Militar do Estado, Detran e Semutran de Ananindeua, cujos representantes também estavam presentes na reunião. No modal hidroviário, a Agência conta com o apoio da Marinha do Brasil, Companhia de Portos e Hidrovias (CPH) e da Capitânia dos Portos.

O Diretor Geral em exercício da Arcon-PA, Karim Zaidan, disse que a integração dos órgãos é de fundamental importância para o êxito da Operação Carnaval 2018, e que o maior objetivo de todos que fazem a segurança pública no Pará é garantir que o cidadão viaje e retorne com segurança para suas residências.

 

Texto e fotos : Lourdes Cezar - Ascom/Arcon