Arcon tem registro de mais de mil abordagens no feriado de Tiradentes

Arcon tem registro de mais de mil abordagens no feriado de Tiradentes

O fim de semana que compreendeu o feriado de…

Nos feriados prolongados, Arcon concentra fiscalizações na segurança dos passageiros

Nos feriados prolongados, Arcon concentra fiscalizações na segurança dos passageiros

Durante o período que compreende os feriados de Tiradentes…

Arcon encerra Operação Semana Santa com mais de mil abordagens durante o feriado

Arcon encerra Operação Semana Santa com mais de mil abordagens durante o feriado

Para garantir que as viagens durante a Semana Santa transcorressem com…

Reajuste de passagens rodoviárias intermunicipais é de 16,61%

Reajuste de passagens rodoviárias intermunicipais é de 16,61%

Entrou em vigor na última sexta-feira, dia 7, o reajuste aplicado…

Arcon inicia Operação Semana Santa com foco na segurança dos passageiros

Arcon inicia Operação Semana Santa com foco na segurança dos passageiros

A Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos do Pará…

Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2011 JoomlaWorks Ltd.

 

Arcon tem registro de mais de mil abordagens no feriado de Tiradentes

O fim de semana que compreendeu o feriado de Tiradentes, 21 a 23 de abril, recebeu fiscalização intensificada nas estradas e portos do estado. A Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon) realizou 1,1 mil abordagens a veículos no modal rodoviário. Já no modal hidroviário, o movimento no transporte intermunicipal de passageiros foi considerado fraco.

Nos três dias da operação, cerca de 50 servidores da Arcon estiveram presentes em Belém e dez municípios no interior. As equipes do transporte terrestre registraram cerca de 250 autos de infração e apreenderam seis veículos, sendo três clandestinos. Os principais problemas encontrados foram passageiro sendo transportado em pé, motorista não cadastrado como auxiliar, veículo acima da lotação permitida e parada em local não homologado.

No modal hidroviário, em razão da baixa demanda, nenhuma viagem extra foi solicitada pelas empresas. Também não houve incidentes nos nove portos e travessias com agentes de fiscalização na capital e no interior do estado.

Texto: Vanessa Pinheiro - Ascom/ Arcon
Fotos: Ascom/ Arcon

Nos feriados prolongados, Arcon concentra fiscalizações na segurança dos passageiros

Durante o período que compreende os feriados de Tiradentes e do Dia do Trabalhador, a Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon) vai intensificar as fiscalizações nas rodovias, terminais e portos em Belém e no interior. Serão movimentados cerca de 50 servidores nos dois finais de semana, de 21 a 23 de abril e de 29 de abril a 1º de maio, para garantir que os passageiros sejam transportados com segurança.

No modal rodoviário, as ações ocorrem em parceria com as Polícias, a Rodoviária Federal (PRF) e Rodoviária Estadual (PRE). Os agentes do Grupo Técnico de Transporte Terrestre da Agência (GTT) estarão nos postos fixos da PRF nas barreiras da rodovia BR 316, e também em postos volantes. As equipes do GTT estarão atentas às condições de segurança e trafegabilidade dos veículos, além de coibir o transporte clandestino.

As equipes de fiscalização hidroviária irão observar o cumprimento da lotação máxima em cada barco e balsa, o bom funcionamento dos equipamentos de segurança, como extintores de incêndio, botes e coletes salva vidas, além do respeito aos horários das viagens.

Turismo - O nordeste do Pará receberá atenção especial por parte das equipes de fiscalização. “A cada feriado existe um deslocamento maior de pessoas, como agora nesse próximo fim de semana terá em São Domingos do Capim e em Salinópolis. Assim, a gente faz o planejamento da operação”, afirma o diretor de normatização e fiscalização da Arcon, Karim Zaidan.

Salinópolis irá receber a I etapa do Circuito Brasileiro de Surf, nos dias 22 e 23 de abril. O foco das fiscalizações será nas rodovias PAs que dão acesso a Vigia, Curuçá, Colares e São Caetano de Odivelas, com reforço em Santa Maria do Pará, na BR-316, e no posto da PRE em Salinas, na PA-124. Entre os dias 26 e 30 de abril ocorre o 17º Festival da Pororoca, em São Domingos do Capim. Em razão do evento, as fiscalizações serão reforçadas na PA-127, que dá acesso ao município, e na travessia de balsa do rio Capim.

Segundo a Companhia de Portos e Hidrovias (CPH), a previsão para o período do feriado de Tiradentes é de movimentação de 3,5 mil passageiros - aumento de 7% em relação ao mesmo período de 2016. Do dia 20 até o dia 24 de abril, devem passar sete mil passageiros pelo Terminal Hidroviário de Belém, com picos nos dias 21 e 24. Os locais mais procurados por quem passa pelo Terminal são Camará (70%), Soure e Salvaterra (23%), Macapá (5%) e Manaus (2%).

Serviço: Em ambos os modais, o transporte regulado pela Arcon é identificado por um selo com o logotipo da Agência e um número de ordem. A Agência disponibiliza para denúncias e reclamações o número 0800 091 1717 (ligação gratuita), o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. e ainda o número de celular (91) 98887 6148 (que também é WhatsApp).

Texto: Vanessa Pinheiro - Ascom/ Arcon
Fotos: Ascom/ Arcon

Arcon encerra Operação Semana Santa com mais de mil abordagens durante o feriado

Para garantir que as viagens durante a Semana Santa transcorressem com tranquilidade, a Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon) mobilizou cerca de 50 servidores para atuar na capital e no interior, fiscalizando veículos e embarcações de passageiros.

Enquanto o movimento de pessoas pelo modal hidroviário foi regular, em comparação aos demais períodos do ano – com exceção da movimentação para o Marajó, que teve uma média de 850 passageiros por dia – o fluxo de veículos nas rodovias foi acentuado.

No modal rodoviário, o número de abordagens cresceu de 838, no ano passado, para 1.115 neste ano. O volume de autos de infração teve o aumento mais expressivo, de 94%, passando para 237. Já o número de apreensões se manteve em 13 veículos. Os problemas mais frequentes foram: transporte de passageiro em pé, motorista não cadastrado como auxiliar, parada em local não homologado e ausência do porte de documento obrigatório.

As equipes do Grupo Técnico de Transporte Terrestre da Arcon (GTT) trabalham sempre em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e Polícia Militar (PM-PA). Os agentes estiveram nos postos fixos da PRF nas barreiras da rodovia BR 316, e também em postos volantes, nas rodovias PAs que dão acesso ao nordeste do estado.

Hidroviário - Presentes em nove portos, em Belém e no interior, os servidores da Agência observaram o cumprimento da lotação máxima em cada barco e balsa, o bom funcionamento dos equipamentos de segurança, como extintores de incêndio, botes e coletes salva vidas, além do cumprimento dos horários das viagens. Segundo o Grupo Técnico de Transporte Hidroviário da Arcon (GTH), devido ao movimento tranquilo, não foram registrados incidentes neste modal.

Texto: Vanessa Pinheiro - Ascom/ Arcon
Fotos: Ascom/ Arcon

Reajuste de passagens rodoviárias intermunicipais é de 16,61%

Entrou em vigor na última sexta-feira, dia 7, o reajuste aplicado às tarifas do transporte rodoviário intermunicipal de passageiros. A Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon) acatou decisão do Conselho Estadual de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Conerc), depois de uma reunião no último dia 21 do mês passado, e autorizou o reajuste de 16,61% às tarifas vigentes. Essas tarifas estavam sem reajuste desde outubro de 2015, ou seja, há 17 meses.

A autorização do reajuste foi publicada na edição desta sexta-feira no Diário Oficial do Estado do Pará. O reajuste do transporte rodoviário convencional é anual, e foi solicitado pelo Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros do Estado do Pará, que consta no processo nº 2017/ 48943, correspondente ao período de outubro de 2015 a março de 2017, com base no decreto nº1.540/ 1996.

O Conerc é constituído por oito membros nomeados pelo Governo do Estado, quatro representantes dos usuários e quatro representantes das empresas operadoras de transportes.

O procedimento para o pedido de reajuste se inicia quando o sindicato das categorias ligado ao setor de transporte apresenta o pedido de reajuste tarifário junto à Arcon, que dentro de sua competência, encaminha esse pedido aos grupos técnicos para emitirem um parecer, e na sequência o encaminham ao setor jurídico da Arcon. Após essa fase, os pareceres são enviados ao Conerc para discussão, deliberação e aprovação, o que ocorreu em reunião no último dia 21.

 

Serviço:

A tabela completa com os preços de passagens reajustados pode ser consultada no link