Início » Noticia » INTEGRAÇÃO ENTRE ÓRGÃOS E USUÁRIOS MAJAROARÁS NA UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

INTEGRAÇÃO ENTRE ÓRGÃOS E USUÁRIOS MAJAROARÁS NA UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS

          A Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos do Pará (Arcon), no dia 30 de janeiro de 2019, realizou-se uma reunião com os representantes do povo Marajoara. Na ocasião, presidindo-se a reunião o Diretor Geral Dr. Eurípedes Reis da Cruz Filho e o Diretor de normatização e Fiscalização Dr. Ivan Bernaldo Silva, foram convidados para compor a mesa os senhores Dr. Wagner Cruz- Procurador Autárquico Arcon/PA, João Renato ( Setran), Nicolau Ferrari (CPH) e Osiane Assunção (ANTAQ).

Os representantes foram Alan Patrick Barros Ferreira (Vereador do Município de Salvaterra), Carlos Augusto da Silva (Vereador do Município de Salvaterra), Luiz André Gomes Salvador (Vereador do Município de Salvaterra), Carla Sarmento (Vereadora do Município de Soure), Telma Susi da Costa Dias (AMUS Salvaterra), Ailton da Silva Dias (AMUS Salvaterra), Herondina Shyrley Pedrosa da Rocha (Caminhoneiros), Francisco Fontenele Alves Junior (Vanzeiros), Wilen Cardoso Moreira (ASCOM Soure), Edgar Augusto Silva Barbosa (ATM associação de Turismo do Marajó), Dário Pedrosa do Nascimento (Movimento Acorda Marajó), João Pena (Movimento Acorda Marajó), Gerson (Cachoeira do Arari), Joaquim Arapari (Empresa Arapari Navegações), Carlos Banack (Empresa Banav), Daniel Henvil  (Empresa Henvil), , Caio Muniz- (CPH), Helena Muscosa (Diretora Presidente CDP), , Jeiel Serry (ANTAQ).

A reunião teve como pautas principais: A concorrência pública para todos os serviços de travessias e nas linhas que servem o Porto da Foz do Rio Camará; A Retirada dos navios que hoje operam na linha entre o Camará e Belém, substituindo-os por mais horários das lanchas rápidas, com o atendimento dos 15% de gratuidade como prevê a legislação; A ocorrência de mais fiscalização do transporte Rodoviário intermunicipal; As melhorias nas rampas de acesso e nos banheiros destinados aos usuários; Implantação do serviço de monitoramento de segurança por 24 horas; entre outras assuntos pertinentes.

Arcon e os representantes poderão debater a melhoria e sanar entrelinhas entre órgãos. Ajustando-se assim a minimização de problemas decorrentes. Afinando a flexibilidade na melhoria dos serviços prestados pelos órgãos, visando contribuir significativamente com os usuários dos serviços públicos.  

          O transporte regulado pela Arcon - tanto terrestre quanto hidroviário - é identificado por um selo com a logomarca da Agência e um número de ordem. O órgão disponibiliza para denúncias e reclamações o número 0800 091 1717 (ligação gratuita), o e-mail ouvidoria@arcon.pa.gov.br.