Início » Noticia » Arcon integra Grupo de Trabalho e Estudo voltado ao Autismo
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Arcon integra Grupo de Trabalho e Estudo voltado ao Autismo

A cerimônia de lançamento do Grupo de trabalho de Estudos e Ações relacionadas ao Transtorno do Espectro Autista ocorreu   na manhã desta segunda-feira, 17, no Palácio do Governo, com a presença do governador do  Pará,  Helder Barbalho ,  da primeira-dama, Daniele Lima Barbalho,  e das autoridades dos órgãos que compõe o grupo de estudos coordenado pela Secretaria de Estado de Planejamento- Seplan.  O  Grupo de Trabalho  foi criado a partir do decreto nº 108, de 13 de maio de 2019, e vai viabilizar a criação do Centro  Especializado em Autismo- CETEA que será implantado  pelo Governo do Estado do Pará,  representando  um momento histórico  muito aguardado por famílias com pessoas autistas.

Além da Seplan, integram o grupo a Casa Civil da Governadoria do Estado; a Secretaria de Estado de Educação (Seduc); a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa); a Ouvidoria Geral do Estado e a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), bem como profissionais especialistas na área da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), Universidade do Estado do Pará (UEPA) e Agência Reguladora e Controle de Serviços Publicos (ARCON).

A Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos  do Estado do Pará – Arcon  será representado no Grupo de Trabalho de Estudo e Ações Relacionadas ao Transtorno do Espectro Autista  pela  assessora especial da Arcon,  Nayara Barbalho da Cruz.   Nayara esclarece que a missão principal  da Arcon é regular e controlar os serviços públicos dos transporte intermunicipal  com foco  na efetividade da prestação dos serviços,  e no   bem estar da população,  assegurando sempre   os direitos das   pessoas com deficiência. “Esta   ação  conjunta das instituições do Governo do Estado   será o pilar do  Centro  Especializado em Autismo- CETEA, que visa   atender  as demandas da pessoa com  autismo oferecendo toda a assistência necessária  em prol da qualidade de vida, sendo assim a Arcon-Pa  apoiará e atuará  em prol das atividades que se destinem às pessoas com deficiência, em especial ao projeto de   implantação do Centro  Especializado em Autismo no Estado do Pará”, afirma Nayara.     

Presidido e coordenado pela Seplan, o grupo tem o objetivo de fomentar discussões e o debate de propostas de políticas públicas e ações conjuntas, envolvendo a iniciativa privada e a sociedade civil, que visem a promoção do tratamento, acompanhamento e direitos de pessoas com transtorno do espectro autista, a fim de garantir a sua plena participação com igualdade de oportunidades na sociedade. A intenção é de que o grupo possa se reunir periodicamente para debater metas e objetivos a serem perseguidos.

O  Centro  Especializado em Autismo  - CETEA visa  proporcionar suporte especializado e humanizado para assistência social, saúde e cultura para o diagnóstico precoce do autismo. A perspectiva é que o centro também atue na formação multidisciplinar para que profissionais da área de educação, saúde e serviços públicos em geral sejam capacitados a atender as pessoas com espectro autista, além de servir de modelo para outras políticas, em especial nos municípios  

Além da Seplan, integram o grupo a Casa Civil da Governadoria do Estado; a Secretaria de Estado de Educação (Seduc); a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa); a Ouvidoria Geral do Estado e a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), bem como profissionais especialistas na área da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), Universidade do Estado do Pará (UEPA) e Agência Reguladora e Controle de Serviços Publicos (ARCON).