Início » Noticia » Arcon firma convênio para fiscalizar abastecimento de água em Xinguara e Redenção
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Arcon firma convênio para fiscalizar abastecimento de água em Xinguara e Redenção

 

A Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos (Arcon-Pa ) firmou  convênio com os municípios de Xinguara e Redenção, no sul do Pará para fiscalizar o abastecimento de água e esgotamento sanitário nas respectivas localidades.   O gerente de Saneamento da Arcon, Álvaro Amazonas representou a Agência no ato de assinatura dos convênios devidamente publicados no Diário Oficial dos Municípios.  

  “A partir de agora os municípios contarão com o suporte da Arcon para o controle da qualidade dos serviços de oferecidos à população”, relata Álvaro Amazonas.  A prestadora BRK ambiental será a empresa prestadora do serviço que atuará como interveniente anuente nos referidos convênios.

A engenheira ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Xinguara, Tatiana Batista considera um marco da atual administração municipal este auxílio na regulação dos serviços a partir da parceria com a Arcon, o  que beneficiará grande parte da população de Xinguara ,que hoje está em torno de  45 mil habitantes.  “Decidimos firmar este convênio para garantir maior qualidade na prestação dos serviços fundamentais com segurança para a população de Xinguara”, reforça Tatiana.

Em relação ao novo convênio com a Arcon,  as expectativas são positivas para a  administração municipal de Redenção. ”Esperamos ampliar a rede de abastecimento atendendo a um número maior de habitantes da nossa cidade, que  ultrapassa os 80 mil, e assim garantir um acesso a esse bem essencial, a água tratada, tornando ele acessível  ao cidadão redencense”, anseia Carlos Iavé, prefeito de Redenção.

“A partir da efetivação dos convênios a Arcon poderá atuar para fins de regulação, controle e fiscalização da prestação dos serviços concedidos de água e esgotamento sanitário nos municípios, colaborando para cobrar maior segurança  à população dos muncicípios”, esclarece Eurípedes Reis,  Diretor- geral  da Arcon.